terça-feira, 30 de agosto de 2011

Descartáveis



Alguém cresceu. O espaço apertou. O tempo faltou. O carinho dançou. O bicho gastou. A pelúcia sujou. O tecido rasgou. O lixeiro levou.

Alguém encontrou. O carinho falou. O espaço ajeitou. O tempo arranjou. O tecido coseu. A pelúcia lavou. A criança ganhou. O coração relaxou.

Marcadores: , , , , ,

Tem dias assim e tem dias assado...



O bom é que passa...
passa, passa, gavião...

Marcadores: , ,

sábado, 27 de agosto de 2011

Santa Teresa de luto




De súbito a vida fora do trilho
Sem freio, um grito
Onde o vento fresco
e a sensação de liberdade?

Santas Teresas, ocupai-vos de seus filhos e suas dores...
que sejamos todos abençoados.

Marcadores: , ,

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Ecos da Ressaca



Quando o mar tem mais segredos não é quando ele se agita...

Marcadores:

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Dia do Ator, Dia da Atriz, oba!



Gloria Fontepura mandou um beijo pra mim... e estas fotos tiradas pelo Chico e pelo Dalton...
ela disse que sua vida continua um Turbilhão...

Marcadores: , , ,

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Voar é melhor


quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Tempo escorre...


Não dá pra deixar cair...

Marcadores:

domingo, 14 de agosto de 2011

Nunca pensei em ser pai

Hoje deu no JN uma coisa que aqui em casa sempre soubemos. O presente do pai vem depois do da mãe, do Natal, do namorado. Eu mesma ainda nem sei o que vou dar, e há uma hora já estamos na data.

Já assuntei várias possibilidades, não é que tenha esquecido. Mas meu pai, embora não pareça exigente, é detalhista, e ainda por cima parece que nem faz tanta questão. Talvez isso seja um resquício da educação machista de sua época.

Homem que é homem não liga pra presente. Será? Já que ele é um homem "seguro" como dizem no Sul, não posso gastar muito, ou ele ficará preocupado em saber como estou gerindo minhas finanças.

Preciso ser criativa. Essa sim, uma característica sempre valorizada em nossa família. Embora as vezes por demais.

Quando ainda meninas, desabafamos que gostaríamos de ver um pinheiro de Natal lá em casa, até pressentíamos que, como arquiteto, ele acusaria o golpe de nossa incompreensão infantil em relação àquelas lindas árvores cubistas com bolas de Natal dentro.

Filhos sabem ser impiedosos e têm fome, muita fome. E se o pai tem gaita, sabem ser mais impiedosos ainda. Talvez por isso me tenha dado vontade de postar esse vídeo tão caseiro com uma música de Jorge Galati, chamada Saudade de Matão, que a bem da verdade, não me lembro de ter sido muito ouvida lá em casa.

Não sei se vai colar, essa ideia de inverter e fazer meu pai me dar o presente. É quase um golpe baixo. Mas que vai cheia de carinho para meu pai (e também para meus distantes irmãos) vai... e esse dá para ele mostrar para todo mundo... dá até pra por embaixo desse "guarda-chuva" amiga-irmã com pai distante. Não resolve a saudade, mas acolhe... como meu pai gosta de fazer também.
video

E ainda bem que o shopping também abre domingo...

Marcadores: , ,

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Contemporaneidade carioca


Realmente, quem não deve, não teme. Engraçado é receber parabéns pelo que não era mais do que obrigação: dirigir sóbrio. Mas isso entra na conta da simpatia dos rapazes tão educados e solícitos.

Pena não terem deixado a amiga (que não estava dirigindo) soprar o bafômetro para ver como o aparelho registrava todos os whiskies que tinha tomado...
Só quem está dirigindo tem acesso ao brinquedinho...

Marcadores: ,

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Leoa


Ela é de uma transparência desconcertante
Um cubo mágico de seis cores bem definidas
Tem a cor da generosidade irrestrita
Tem a cor da exigência veemente
Tem a cor do interesse contínuo
Tem a cor da elegância permanente
Tem a cor da compaixão aguda
Tem a cor da alegria irreverente
Mas todas as cores estão misturadas
E haja Arte para organizar

Tem tudo, ou quase tudo
com jeito de quem não precisa de nada
Ou quase nada
Mas sabe gostar do que tem
como pouca gente

E pouca gente acha fácil
encontrar o que dar para ela
que enquanto isso prefere nadar

Se ama mais de meio dia às duas
do que de meia noite às duas
Nos encontramos volta e meia às 22:22
A hora do acaso e do destino
de quem sabe faz a hora e não espera acontecer

E embora "tudo seja sexo" nesse cabaré que é a vida
mesmo um coração fraco não diz que é proibido amar
e amor de irmã é assim daqueles que sempre esteve
e que está mais ainda no aniversário
dessa leoa de mais de mil anos
com corpinho de mulher carioca aos 22.

Que a vida lhe seja livre, leve, solta
Com muita saúde e amor dentro, fora, e ao redor
Com a LUZ que brilha dentro
se espraiando pelo mundo
e encontrando a LUZ que brilha fora
no prazer do tudo misturado
virando criação, virando Arte, virando Vida!








Marcadores: ,

sábado, 6 de agosto de 2011

Acabando a temporada...


Que beleza, uma porta de teatro com peça da gente em cartaz
Que beleza tanta gente trabalhando para isso
Que beleza um trabalho honesto, feito com carinho e dedicação, respeito e alegria
Que beleza jogar com parceiros tão bacanas, criativos e iluminados
Que beleza a comunhão com a platéia
Que beleza alguém se sentir melhor depois de assistir seu trabalho
Que beleza continuar a se expressar depois que a temporada acabar

Quanta beleza por trás de uma porta de teatro

Marcadores: , , , , ,

Amendoeiras 2



Marcadores:

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Vai acabar...



Um grande prazer fazer a Gloria Fontepura nesse TURBILHÃO ! Agradeço ao meu querido Captain, Domingos, essa bela oportunidade.
Para saber mais, dá para ler as ótimas críticas e comentários de Lionel Fischer, Tania Brandão e Carlos Henrique Braz.
*Montagem imperdível no Ginástico - Lionel Fischer*
*O amor segundo Domingos - Tânia Brandão*

... e se você não foi, quem sabe depois de ler, resolve dar um pulinho lá para nos ver enquanto dá tempo? É no Teatro SESC Ginástico, no Centro do Rio de Janeiro, de 5ª a domingo, às 19h, só até este domingo...

Pura delícia, trabalhar com esse elenco-time, um "passando a bola para o outro", de Jonas Bloch para Pedro Furtado, entra José Roberto Oliveira, passa a bola para Fernando Gomes, que passa pra mim, driblo para Moisés Bittencourt, que ajeita para Luana Piovani e é gooool, a platéia aplaude, ri e se emociona. Na técnica só gente bacana, motivo para outro post, enfim, vai lá ver...

Marcadores: , , ,

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Amendoeiras





Marcadores:

Pra começar bem a semana


Serenidade, Equilíbrio, Beleza, Energia, LUZ.

Marcadores: ,